22/09/2019

“Pensar a justiça de Xangô é pensar outras pedagogias narrativas da vida humana” é o que defende Sérgio São Bernardo

Publicado em 2016, o livro Xangô e Themis é resultado da dissertação de mestrado defendida há trezes anos por Sérgio São Bernardo. Em entrevista a Brado Negro ele fala sobre sua trajetória acadêmica, suas leituras sobre filosofia e direito e sobre seus novos projetos de pesquisa.
LEIA O TEXTO NA ÍNTEGRA